Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Close-Up | Filme Concerto por Orquestra de Jazz de Matosinhos

Close-Up | Filme Concerto por Orquestra de Jazz de Matosinhos

Teatro & Arte | Cinema

Casa das Artes Famalicão

Grande Auditório
Classificação Etária
Maiores de 12 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2019
out
12
Dias
Hrs
Min
Seg

Duração

70 minutos

Abertura Portas

21:15

Intervalo

Sem Intervalo.

Promotor

Município de Vila Nova de Famalicão

Breve Introdução

Close-Up - Observatório de Cinema de Vila Nova de Famalicão
Episódio 4 - de 12 a 19 de outubro

Filme Concerto por Orquestra de Jazz de Matosinhos
"O Couraçado Potemkine" de Serguei Eisenstein
12 de outubro, sábado, 21:30
Grande Auditório
Entrada: 6 euros / Cartão quadrilátero, estudantes, seniores, associados de cineclubes: 3 euros
M/12 anos
Duração: 70 minutos

SESSÃO DE ABERTURA

"O Couraçado Potemkin" de Serguei Eisenstein

É um dos melhores filmes de todos os tempos, um dos mais conhecidos da história do cinema e apresenta uma das mais célebres sequências da sétima arte. Para Charlie Chaplin, era mesmo o seu favorito. Realizado por Sergei Eisenstein, "O Couraçado Potemkin" é um filme mudo soviético que estreou em 1925 e apresenta uma versão dramatizada da rebelião ocorrida em 1905, onde os tripulantes do navio de guerra Bronenosets Potyomkin/O Couraçado Potemkin se revoltaram contra seus oficiais superiores. Razões mais que suficientes para este ser um grande desafio para a Orquestra Jazz de Matosinhos e o seu diretor, Pedro Guedes, compositor da música original. Integrado na IV edição do Close-Up - Observatório de Cinema de Famalicão, o filme-concerto "O Couraçado Potemkin estreia dia 12 de outubro na Casa das Artes de Famalicão.

Título original: Bronenosets Potyomkin
Realização: Serguei Eisenstein
Duração: 70 minutos
Origem: Rússia
Género: Ficção
Classificação Etária: M/12 anos
Ano: 1925

A Orquestra Jazz de Matosinhos, criada em 1999 com o apoio da Câmara Municipal de Matosinhos, é um laboratório permanente. Não esquece a tradição das grandes big bands do passado, mas promove continuamente a criação, a investigação, a divulgação e a formação na área do jazz, cruzando a ambição internacional com o sentido de responsabilidade local. Constituindo uma autêntica orquestra nacional de jazz, apresenta repertórios de todas as variantes estéticas e de todas as épocas do jazz, assumindo-se como um fórum alargado de compositores e músicos, lançando pontes, estabelecendo parcerias e produzindo um repertório nacional específico para big band contemporâneo, versátil e diverso. Dirigida por Pedro Guedes e Carlos Azevedo, tem colaborado com nomes tão diversos como Maria Schneider, Carla Bley, Lee Konitz, John Hollenbeck, Jim McNeely, Kurt Rosenwinkel, João Paulo Esteves da Silva, Carlos Bica, Ingrid Jensen, Bob Berg, Conrad Herwig, Mark Turner, Rich Perry, Steve Swallow, Gary Valente, Dieter Glawischnig, Stephan Ashbury, Chris Cheek, Ohad Talmor, Joshua Redman, Andy Sheppard, Dee Dee Bridgewater, Maria Rita, Maria João, Mayra Andrade, Manuela Azevedo, Sérgio Godinho, Manuel Cruz, Fred Hersh, Rebecca Martin, Peter Evans, Fay Claassen entre muitos outros.


CLOSE-UP - Observatório de Cinema: o Tempo
4.º episódio, de 12 a 19 de outubro na Casa das Artes de Famalicão

De 12 a 19 de outubro, em vários espaços da Casa das Artes, o quarto episódio do Close-up - Observatório de Cinema, apresentará cerca de 40 sessões de cinema contemporâneo cruzadas com a história do Cinema, incluindo um passeio pelo Cinema Francês com dois protagonistas Agnès Varda e Jean-Luc Godard, sob o mote do Tempo (o que passa e o tempo do Cinema), incluindo filmes-concerto em estreia pela Orquestra de Jazz de Matosinhos e pelos Mão Morta, filmes comentados por realizadores, jornalistas e académicos, sessões especiais e ante-estreias, e um panorama em volta da obra de Eduardo Brito. Haverá também espaço para conversas, música e poesia no café-concerto e no foyer, e sessões para famílias e para escolas, com filmes, oficinas e uma masterclasse de Pedro Serrazina.

Preços

  • Plateia - 6€

Descontos

  • Estudantes
  • Quadrilátero

-
Partilhar
Quadrilátero